TEXTO
TEXTO
+ -

Olá, seja bem vindo!

Esqueceu a senha? Clique aqui.

Baixe o nosso app:

Lançamento de livros marca início da Semana de Extensão 2022

Durante a programação será realizado o Congresso Nacional de Ligas Acadêmicas e a Feira Cultural “Cesmac na Rua”

08/11/2022 às 16h56

O Cesmac realizou, na segunda (07), a abertura da edição anual da Semana de Extensão, promovida pela Coordenação Geral de Extensão Universitária, em solenidade realizada no Complexo de Inovações Pedagógicas - Sala Invertida. Na ocasião, foi realizado o lançamento coletivo de três livros pela Editora Cesmac, além do anúncio da programação da Semana, que integra o Congresso Nacional de Ligas Acadêmicas – COLIGA 2022, e a Feira Cultural – “Cesmac na Rua”.

A solenidade de abertura contou com as seguintes presenças: vice-reitor e pró-reitor acadêmico, Prof. Dr. Douglas Apratto Tenório; coordenador geral de Extensão Universitária, Prof. Dr. Rodrigo Guimarães, Diretor da Editora da Universidade Estadual de Alagoas, Prof. Renildo Ribeiro; Promotora de Justiça, Dra. Failde Soares Ferreira de Mendonça; e do vice-presidente da Academia Maceioense de Letras, Dr. Geraldo Dantas.

O objetivo é integrar cada vez mais ações inovadoras dos cursos de graduação e pós-graduação, além das Ligas Acadêmicas. Durante o evento, foram lançadas as obras: “História do Modernismo em Alagoas (1922-1932)” de Moacir Medeiros de Sant´Ana, “Sinopse Histórica Sobre os Concílios Ecumênicos” de Álvaro Queiroz e “A Arquidiocese de Maceió: Uma análise do processo de estruturação da Igreja Católica no Território Alagoano (1892 – 1920)” do Padre Márcio Manuel Machado Nunes.

A Semana de Extensão Cesmac estende as atividades dos dias 9 a 11, com o COLIGA 2022, que promove a integração das Ligas Acadêmicas Universitárias de várias parte do Brasil, e encerra a programação com a Feira Cultural – “Cesmac na Rua”, na sexta(11), das 15h às 21h, com a reunião de mais de 350 artistas locais. O evento conta com importantes parceiros como a Floripa Urbana, o Núcleo de Internacionalização (NUI) e a Fundação de Amparo à Pesquisa do estado de Alagoas (Fapeal).  
 
Sobre os Livros:
“História do Modernismo em Alagoas (1922-1932)” Moacir Medeiros de Sant´Ana

A obra analisa os dez primeiros anos do modernismo em alagoas, no tocante a ecos, entre nós, do movimento modernista que se oficializou na São Paulo de 1922 ou a sua simples presença refletida num estado do nordeste com olhar vigilante de pesquisador, competência científica e técnica.
 
“Sinopse Histórica Sobre os Concílios Ecumênicos” de Álvaro Queiroz

É uma obra que apresenta uma síntese a respeito dos vinte e um concílios ecumênicos já realizados pela igreja católica.
 
A Arquidiocese de Maceió: Uma análise do processo de estruturação da Igreja Católica no Território Alagoano (1892 – 1920)” do Padre Márcio Manuel Machado Nunes.

Excelente estudo que reconstrói, e de certo modo explica, as dinâmicas que acabaram por conduzir a fundação de uma nova diocese, com sede em Maceió, na transição do século XIX para o XX.